Archive for setembro \26\UTC 2008

h1

INSÔNIA

26 setembro, 2008


Ela, sentada na cadeira e ouvindo Chico Buarque, olha para os pés e novamente para a tela. A única luz do quarto é aquela tela.
Ora não sabe se olha os pés ou a tela; já mediu com o olhar cada milímetros da pele branca e das unhas recém pintadas – e na caixa de luz com letrinhas coloridas, nada mais acontece. Mas poderia acontecer, quem sabe instantaneamente pisque uma novidade.
Uma voz, de lábios finos e desmanchados com ar de quem acaba de acordar vem ter com ela…
– São quase 5 da manhã, você ainda está aí?
– Sim.
– Por quê?
– Estou sem sono e cansei de ficar na cama, estou ouvindo música.
– Pintou as unhas?
– Sim, como sabe?
– Não sei, só imaginei…
– Ahm.
– Olha, em pouco já vai clarear, talvez seja melhor você dormir. Vai ver, aproveitará melhor o dia e quem sabe a noite também.
– Que tal então você olhar o calendário, amanhã que já é hoje ainda é quarta-feira… não há nada para se fazer nas quartas.
– Ainda assim, vá dormir… às vezes tenho a impressão de que você não dorme.
– Não me mande dormir. A não ser que, me convide para sua cama.
– …
– …
– Bom, preciso ir se não vou chegar atrasado.
– Ok. Vou dormir.

Foto: Alfio Torrisi