h1

DESLIZANDO

29 maio, 2008

Acabara de descobrir a cremosidade desbotada e amarela da margarina; por aqueles dias deliciava-se em fazer deslizar a faca sobre biscoitos e torradas.
– É light, não tem problema.
Esquecia-se do colesterol, da caloria.
Cobria tudo com aquele tom, aquele sabor. Era mais que o sabor: era a textura! Encantava-se.
Desenhava caminhos e solos arados, tentava nivelar pequenos montes que restavam no pote e perguntava-se como algumas pessoas poderiam comer, até mesmo viver, com aquela confusão de curvas que faziam; sentiu-se andradiana, começou a observar potes alheios.
Queria viver uma vida margarinizante na ponta de uma faca de mesa.

Anúncios

22 comentários

  1. Que blog delicioso. Deu água na boca.


  2. hehehe
    pequenos momentos em que surgem certos devaneios…
    é melhor voce nao querer essa vid, margarina nao aguenta o calor, rsrsr


  3. é uma pena voce iria morrer na primeira elevaçao de temperatura..


  4. Amei isso aqui… Delícia de leitura! Beijos!


  5. Caraca… vc conseguiu deixar a margarinha muito mais saborosa .. deu até vontade…. rrs

    abç…


  6. ;D

    obrigado pelo comentário ontem..

    realmente.. meio sem nexo pedir desculpar a um assassino q nao vai poder voltar e viver sua vida..

    q pena..

    http://www.andisaidgoddamn.blogspot.com/


  7. Meeu. deeu vontadee de comer, serião!
    Achei a margarina beem mais gostosa lendo aqui!
    iuashashas


  8. Simplesmente delicioso!!!
    Li alguns textos e adorei!
    Seu blog está entre os meus favoritos, na minha página (egos compostos anfipáticos)
    Abraços!


  9. Interessante post. Margarina sob outra análise… legal.

    http://www.antologiaracional.com/


  10. Foi a leitura mais poética que já fiz sobre a margarina…

    Muito bom mesmo…

    Abraços…


  11. Gostei mt do teu blog
    parabens

    interesante o post

    Vlw

    http://www.philipecardoso.com


  12. Já eu preferia viver a vida cremosa do requeijão.
    Escorrer pela faca, fugir do pão, respingar na pele e escorregar pelo canto da boca…

    Bjs!


  13. Ai Nai, que delícia de blog. Adorei os textos, incrível como a gente se perde nos detalhes das coisas mais simples, né? Alguns gestos são tão mecânicos que a gente acaba se esquecendo o quanto são agradáveis. Beijos!


  14. Oi, nao sei se vc lembra de mim, eu sou da comu DFV….
    Muito legal seu blog, muito me inspira, lindas imagens e textos….
    Vou favorita-lo se nao se importar…
    Adorei o toque de sutilesa e docura dos posts…
    um grande bju


  15. Isso saiu de um momento puramente viajante enquanto toma seu café-da-manhã?


  16. meu Deus que delicia *—*
    me pergunto quem nunca quis viver uam vida de margarina ^^


  17. Ah…agora que te descobri vou ter que ficar com água na boca??!!!
    Vem pra cá, escreve mais, todo dia…


  18. Eu tinha um blog assim, na verdade um Zine, mas resolvi abandonar para escrever um livro, mas lendo aqui até deu vontade de reabrir… 🙂
    PS: Vi teu blog na comunidade Garotas Estúpidas.

    Rianne
    http://www.agradabilissimo.blogger.com.br


  19. Adorei, sério. Simplesmente maravilhoso, sutil. Ai lindo me apaixonei pelo teu blog!

    Abraços.


  20. ‘Queria viver uma vida margarinizante na ponta de uma faca de mesa.’ hahahaha… adorei
    Bjoks


  21. Naiara e o universo dentro da cozinha…


  22. e o gosto… na ponta da língua.



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: